Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing Pesquisadores internacionais chegam à UFAPE para cooperação técnico-científica e de inovação | UFAPE

Pesquisadores internacionais chegam à UFAPE para cooperação técnico-científica e de inovação

O Programa de Pós-Graduação em Produção Agrícola (PPGPA) da UFAPE receberá dois pesquisadores da França e um do Chile que contribuirão com experiências técnico-científicas e de inovação através do programa CAPES-Print-UFRPE.

No final de maio, os pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Produção Agrícola (PPGPA) da UFAPE, professores César Auguste Badji, Érika Valente de Medeiros e José Romualdo de Sousa Lima, tiveram duas propostas aprovadas pelo edital CAPES-Print-UFRPE na modalidade Professor Visitante do Exterior (PVE). Assim, nos próximos meses, o PPGPA receberá três pesquisadores, sendo dois da França e um do Chile. O grande propósito da vinda destes PVE é o de contribuir com técnicas e inovações científicas internacionais que possam ser aplicadas aqui, junto aos produtores, bem como alavancar ainda mais as pesquisas já desenvolvidas pelos pesquisadores do PPGPA.

Para se ter uma ideia de algumas das frentes de atividades destes PVE junto ao PPGPA, uma delas será a de desvendar como se dá o processamento da mensagem olfativa nos cérebros de alguns insetos - praga ou inimigo natural - frente à odores de plantas do agreste pernambucano. Assim, acredita-se que poderão ser identificadas plantas daqui que possuam potencial atrativo ou repulsivo para estes insetos. Badji salienta que com isso: "Espera-se reduzir a dependência da agricultura por pesticidas sintéticos, por exemplo, podendo ser uma forma de contribuição para o desenvolvimento de uma agricultura sustentável". Uma outra frente que será desenvolvida pelos PVE é a de identificação de micro-organismos isolados de solos da Caatinga que tenham potencial uso como biofertilizantes e/ou como controle biológico de doenças de plantas cultivadas. Seja qual for a função de uso dos micro-organismos isolados, ainda como forma de garantir suas eficácias na produção agrícola, resíduos que antes eram nocivos ao meio ambiente podem ser utilizados de forma eficiente como veículo de inoculação destes micro-organismos no solo, contribuindo para o desempenho produtivo das plantas cultivadas por aqui. “Tais ferramentas tecnológicas visam entregar aos produtores alternativas para a diminuição da dependência de insumos sintéticos, visando uma agricultura sustentável, pelo reuso de resíduos da agroindústria, o conhecido Biochar”, salienta Erika Valente.

O professor José Romualdo salientou a importância deste intercâmbio para o desenvolvimento da agricultura da região e, também, como fomentadora da ciência já desenvolvida no PPGPA. “Tais parcerias impulsionarão o conhecimento técnico-científico e de inovação de todos atores do programa, podendo gerar produtos como publicações, patentes, projetos, intercâmbios de recursos humanos (discentes e docentes), além de impulsionar a internacionalização de várias frentes de pesquisa, ensino e extensão de nossa nova Universidade, a UFAPE”, destacou Romualdo. Os pesquisadores estrangeiros possuem larga experiência em suas áreas de atuação e permanecerão junto ao PPGPA por um período de 15 dias. Esta convivência nacional-estrangeira, através do compartilhamento de experiências mútuas, certamente trará frutos importantes para a ciência e para a agricultura.

Texto: Lucilene Simões
Fotos: César Auguste Badji e Érika Valente de Medeiros

Foto: professores Erika e Romualdo com Claude Hammecker, pesquisador visitante do exterior do Institut de Recherche pour le Developpement em Montpellier, França (foto de 2017).

Foto: Professor Cesár com Sylvia Anton, pesquisadora visitante do exterior do UMR IGEPP INRAE/Institut Agro/Université Rennes 1, França (foto de 2020)